Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

40 anos do Oscar Honorário de Charles Chaplin

Imagem
Hoje, 26 de fevereiro, é o dia de mais uma premiação da Academia de Hollywood, mais conhecida como Oscar®. Mais do que apenas um prêmio, o Oscar® se tornou sinônimo de status e de fortuna, para vários profissionais do cinema comercial pelo mundo. Há 84 anos, o primeiro prêmio de melhor filme foi dado à "The Wings", o único da categoria "cinema mudo" Até hoje. Essa realidade pode mudar, se caso o também mudo "O Artista" (The Artist, 2012), dirigido por Michel Hazanavicius, seja o vencedor da edição 2012.
Hoje, na 84ª edição do Oscar®, comemoramos também o 40º aniversário da entrega do prêmio honorário à Charles Chaplin, que recebeu a homenagem em razão do conjunto da obra, que tanto contribui para o cinema até hoje. Devido ao tempo cronometrado que tem a cerimônia do Oscar®, é possível que não haja nenhuma referência à esse fato, portanto aproveitamos esse espaço não só para relembrar, mas para homenagear esse grande artista que foi Charles Chaplin. No …

Documentos revelam a insistência dos EUA em provar que Chaplin era comunista

Imagem
Novos documentos, divulgados recentemente pelos Arquivos Nacionais da Grã-Bretanha, revelam que o astro do cinema Charlie Chaplin foi alvo de uma investigação do serviço britânico de inteligência, depois que o governo dos Estados Unidos o acusou de ser comunista. No entanto, os documentos – que foram disponibilizados na internet – não apresentam qualquer indício de que Chaplin realmente tenha sido comunista. Durante a investigação, o serviço britânico MI5 não conseguiu sequer identificar com certeza o local de nascimento do artista ou seu nome verdadeiro. Os agentes americanos do FBI acreditavam que o nome real de Chaplin era Israel Thornstein, mas os britânicos nunca conseguiram achar a certidão de nascimento do artista. Perseguido pelo governo americano, Chaplin foi impedido de retornar aos Estados Unidos em 1952, apesar de morar no país por mais de trinta anos.
Nascimento e espionagem O arquivista Edward Hampshire mostrou à BBC os dois arquivos sobre Charlie Chaplin que foram reve…

Clássicos de Chaplin no MIS, em São Paulo

Imagem
Neste domingo (12), o Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, apresentará a edição do projeto mensal Cinematographo, retratando o início das projeções cinematográficas. O músico Sindney Ferraz irá interpretar as trilhas sonoras de três obras de Charles Chaplin: Cruel, Cruel Love (1914), The Bank (1915) e The Fireman (1916).
Local: MIS – Museu da Imagem e do Som Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa Horário: às 16h00 Telefone: 2117-4777 Valor: R$ 4 (inteira) / R$ 2 (meia)

O caso do roubo do túmulo de Chaplin (1978)

Imagem
Por Hallyson Alves
Poucos sabem na atualidade, mas após a morte de Charles Chaplin, em 25 de dezembro de 1977, e seu sepultamento, no dia 27 de dezembro, houve um dos mais famosos casos de roubo de cadáveres da história. Uma quadrilha invadiu o cemitério de Corsier sur-Vevey, na Suíça e sequestrou o corpo do artista, numa suposta tentativa de extorquir a família, em troca do resgate do cadáver. A viúva de Chaplin, Oona O´Neill, na ocasião, não fez qualquer comentário sobre o pedido de dinheiro por parte dos ladrões. A polícia da cidade Suíça, afirmava que era possível que a quadrilha fosse composta por neo-nazistas, que estavam movidos a se vingarem do artista, por ter feito um filme que satirizava Hitler (O Grande Ditador, 1940).
O assunto ganhou enorme repercussão em todo o mundo e, no Brasil, onde Carlitos já tinha grande fama entre os entusiastas do cinema mudo, não foi diferente. O jornal Folha de São Paulo, publicou entre março e dezembro de 1978 reportagens acerca de todo o pr…