O nascimento do Vagabundo

O traje característico do Vagabundo

O trecho da auto-biografia de Chaplin, "Minha Vida", relata o momento em que nascia o seu primeiro e mais famoso personagem:

- Precisamos de umas graças aqui - disse ele, votando-se para mim.
- Vá arranjar uma caracterização cômica. Qualquer uma serve.
Eu não tinha a menor idéia sobre a caracterização que iria usar. Mas não tinha gostado da que apresentara como repórter. Contudo, a caminho do guarda-roupa, pensei em usar umas calças bem largas, estilo balão, sapatos enormes, um casaquinho bem apertado e um chapéu´coco pequenino, além de uma bengalinha. Queria que tudo estivesse em contradição: as caças fofas com o casaco justo, os sapatões com o chapeuzinho. Estava indeciso sobre se devia parecer velho ou moço, mas lembrei-me de que Sennet esperava que eu fosse mais idoso e, por isso, adicionei ao tipo um pequeno bigode, que, pensei, aumentaria a idade sem prejudicar a mobilidade da minha expressão fisionômica.
Não tinha nenhuma idéia, igualmente, sobre a psicologia do personagem. Mas, no momento em que assim me vesti, as roupas e a caracterização me fizeram compreender a espécie de pessoa que ele era. Comecei a conhecê-lo e, no momento em que entrei no palco de filmagem, ele já havia nascido.
Charles Chaplin
Chaplin, atuando para a Keystone Studios

Fonte:

CHAPLIN, Charles. Minha Vida. 15ª ed. José Olympio; Rio de Janeiro, 2011.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Era Charles Chaplin ateu?

O caso do roubo do túmulo de Chaplin (1978)

A questão de gênero no filme Tempos Modernos (Chaplin, 1936)