Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Chaplin para crianças (de todas as idades)

Imagem
Por Diogo Facini
As grandes obras de Chaplin e o seu personagem símbolo, Carlitos, já um senhor centenário, esbanjam vitalidade. Seus filmes mantêm a relevância e continuam sendo lembrados tanto no olhar popular quanto em listas especializadas de melhores filmes. Além disso, enquanto muitos dos grandes nomes do cinema mudo passaram por um processo de esquecimento ou diminuição da relevância, Chaplin e Carlitos seguem firmes, sobrevivendo a uma história muitas vezes cruel com os nomes do passado. Outra forma da “sobrevivência” da obra do cineasta, existente desde os seus primeiros anos de atuação, são as várias adaptações e versões de seu personagem e sua obra: bonecos, brinquedos, cartões, histórias em quadrinhos... Nos últimos anos podemos até acompanhar uma série animada 3D com as aventuras do Vagabundo em um canal de TV a cabo.
De todas essas versões da obra de Chaplin, uma em especial chama a atenção, tanto por sua beleza e qualidade quanto pelo modo como reafirma a relevância de …

Campanha de operadora de celular exibe um Chaplin "moderno"

Imagem
Você já imaginou o principal personagem de Charles Chaplin nos dias atuais? É um exercício interessante o de pensar como o Carlitos se comportaria em pleno século XXI, em meio ao dinamismo das grandes cidades, submetido a tantas tecnologias como iPads, smartphones, etc. 
Pois essa é a proposta de uma nova campanha de uma operadora de telefonia celular, que revive um dos personagens mais conhecidos da história do cinema. Na pequena história, Carlitos se apaixona por uma bailarina de rua, que vê através de um tablet de alguém, no elevador. Ele passa a buscá-la, através do... GPS de um celular! É interessante como os idealizadores do filme (criado pela Ogilvy e produzido pela Rebolucion) preservaram algumas características do Vagabundo (ponto para o ator que interpreta o personagem), além de elementos marcantes na obra chapliniana, como a garota, os fade-in e fade-out, além da cena final, com a famosa caminhada rumo ao horizonte. 

Além do comercial para televisão, a campanha contempl…

"Um Natal Chapliniano": concorra à coleção "Chaplin - A Obra Completa" e ao livro inédito "Luzes da Ribalta"

Imagem
Ho! Ho! Ho!
Aqui, no Blog Chaplin, o clima natalino chegou mais cedo! Para comemorar a época mais divertida do ano, aproveitando o ano do centenário de Chaplin no cinema, faremos Um Natal Chapliniano!
Fizemos uma parceria com a Versátil Home Vídeo e a Companhia das Letras, para premiar os leitores com dois super prêmios: A Coleção "Chaplin - A Obra Completa e o livro "Luzes da Ribalta", lançamento exclusivo da Cia das Letras, no Brasil. A Obra Completa: 20 DVDs repletos de extras. O único e inédito romance escrito por Charles Chaplin poderá ser seu!
Para participar, basta responder à seguinte pergunta:
"O ano de 2014 marca o centenário de Carlitos. Se Charles Chaplin realizasse um filme para comemorar, como você gostaria que ele fosse?"
São duas as formas de responder: produzindo um texto (frase, poesia, etc) ou um vídeo. LEIA o regulamento abaixo ou faça o download clicando aqui.

Regulamento
Sobre o Concurso
1. "Um Natal Chapliniano" é um concurso cul…

No Blog Chaplin, o Natal chega mais cedo

Imagem
Aguardem o dia 25/10/2014


Um Natal Chapliniano

Chega ao Brasil o romance inédito de Charles Chaplin: "Luzes da Ribalta"

Imagem
O único texto de ficção escrito por Charles Chaplin, que deu origem ao roteiro de Luzes da Ribalta, é publicado pela primeira vez depois de sessenta anos. A edição traz mais de cem imagens do arquivo pessoal do gênio do cinema, além de ensaios do biógrafo David Robinson
Em 16 de maio de 1952, a estreia de Luzes da ribalta num apinhado cinema da Leicester Square, em Londres, com a presença de membros da realeza britânica e uma cobertura estrondosa da imprensa, selou a conclusão de um longo projeto criativo de Charles Chaplin. A gênese do seu último filme realizado nos Estados Unidos remontava aos primórdios de sua trajetória no cinema. Em 1916, astro de Hollywood em meteórica ascensão, o jovem Chaplin foi visitado em seu estúdio pelo mítico bailarino russo Vaslav Nijinsky. A profunda impressão causada em Chaplin pela estrela dos Ballets Russes, que pouco depois abandonaria a dança com um diagnóstico de esquizofrenia, está na origem da primeira concepção de um filme centrado na decadênc…

Classicline lança a Coleção Charlie Chaplin em blu-ray

Imagem
Charles Chaplin em alta definição. Isso mesmo! A Classicline lançará em novembro um box com três grandes filmes de Charles Chaplin, em blu-ray. A Coleção Charlie Chaplin conta com os filmes: Em Busca do Ouro (The Gold Rush, 1925), Tempos Modernos (Modern Times, 1936) e O Grande Ditador (The Great Dictator, 1940). Cada disco terá o acompanhamento de um livreto, que incluem a biografia, fotos e particularidades sobre cada filme. As capas vêm todas coloridas, um atrativo a mais, para quem está acostumado com as clássicas imagens em preto e branco.
A edição é limitada e indispensável na estante de qualquer cinéfilo que se preze. O box já se encontra em pré-venda nas principais lojas online.
Sobre os filmes:
Em Busca do Ouro (1925) - Esse é mais um clássico da obra chapliniana. Na história, o pequeno vagabundo se depara com um ambiente incomum aos filmes anteriores, geralmente vivenciados na cidade. Agora, o cenário é compartilhado com imensas montanhas cobertas de neve, onde nas primeira…