Oscar Honorário de Charlie Chaplin é roubado em Paris

Nesta segunda-feira, na sede da Chaplin Association, foi divulgado o roubo do Oscar Honorário entregue a Charlie Chaplin, em 1929. Avaliada em cerca de 1 milhão de euros, de acordo com Kate Guyonvarch, diretora da Association Chaplin, a estatueta não foi o único objeto furtado: a valiosa coleção de canetas do ator também foi levada pelos ladrões. O roubo teria ocorrido ainda no mês de janeiro, sendo divulgado apenas agora.
Chaplin, recebendo o Oscar Honorário
Photo: Keystone-France/Getty Images
De acordo com Kate, "a família Chaplin encontra-se extremamente abalada por esta perda", mais um evento triste, envolvendo roubo, 37 anos após a família ter passado por uma experiência traumática, quando ladrões roubaram o corpo de Charlie Chaplin, do cemitério de Vevey, Suíça.
Kate ainda afirmou ao jornal Le Parisien que o assalto foi levado a cabo por um número indefinido de ladrões "muito bem informados", os quais "não tocaram em nada que não fossem os objetos roubados".
Entre as hipóteses investigadas pela polícia, está a possibilidade de o roubo ter sido encomendado por algum colecionador específico.
O Oscar desaparecido foi entregue a Charles Chaplin durante a cerimônia do Oscar de 1929, pelo seu trabalho de representação, escrita, realização e produção do filme "O Circo", naquela que seria a primeira das três estatuetas que o ator arrecadou ao longo de seis décadas de carreira.

Fonte: The Telegraph, Film Spot

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Era Charles Chaplin ateu?

O caso do roubo do túmulo de Chaplin (1978)

A questão de gênero no filme Tempos Modernos (Chaplin, 1936)