Chaplin em Blu-ray: agora é a vez de "Luzes da Cidade"

Seguindo os lançamentos da filmografia de Charlie Chaplin, em alta definição, a Classicline apresenta mais um sucesso do artista: o filme "Luzes da Cidade", uma das obras-primas de Chaplin, ganha seu disco azul e já se encontra disponível no mercado.
Lançamento em Blu-ray
A edição segue a qualidade do padrão gráfico - e de gravação, em relação aos demais filmes, lançados pela empresa. Além de Luzes da Cidade, a coleção é composta pelos longas: O Grande Ditador, Em Busca do Ouro, Tempos Modernos e O Garoto.
Coleção lançada em 2014
"O Garoto" também ganhou sua versão HD
Sinopse:

O Vagabundo (Charlie Chaplin), novamente sem dinheiro e sem onde morar, conhece uma jovem e pobre florista cega pela qual ele se apaixona. A garota o confunde com um milionário e, para não desapontá-la, o vagabundo finge ser rico. Posteriormente, ele impede um milionário bêbado de suicidar-se e, devido ao seu ato heroico, tornam-se grandes amigos, mas sempre que o milionário fica sóbrio ele não se lembra mais do vagabundo nem do que ocorreu enquanto estava bêbado. Ele descobre também que o aluguel da garota está atrasado e que ela e sua avó correm o risco de serem despejadas de seu apartamento. Com o objetivo de conseguir dinheiro para a moça, ele começa a trabalhar como varredor de ruas e até mesmo como pugilista.

Ficha Técnica:

Título Original City Lights
Ano de Produção 1931
Ano de Lançamento 2015
Audio 2.0 Mono
Classificação Indicativa Livre
Cor P&B
Elenco Charlie Chaplin - Virginia Cherril - Florence Lee - Harry Myers - Allan Garcia - Hank Mann
Direção Charles Chaplin
Roteiro Não
Produtor Não
Direção de Arte .
Fotografia .
Musica Original Não
Duração 86 min aprox.
Extras Não Disponível
Formato de tela Fullscreen
Gênero Comédia
Código de Barras 7898366219739
Idioma Mudo
Legendas Português e Espanhol
Material Promocional Não
Mídia Blu-ray
País Estados Unidos
Premiações Não
Qtd Discos 1
Trailer Não disponível

Fonte: Classicline

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Era Charles Chaplin ateu?

O caso do roubo do túmulo de Chaplin (1978)

A questão de gênero no filme Tempos Modernos (Chaplin, 1936)